Lojas Americanas Celulares

Oi sumido! Menino do Acre reaparece como se nada tivesse acontecido

Magazine Luiza 11 Ago 2017



Você lembra do tal "Menino do Acre", que em março desapareceu de sua casa deixando um rastro de mistério? Pois é, na manhã desta sexta-feira (11), ele retornou para casa como se nada tivesse acontecido. O seu desaparecimento durou quase 5 meses e deixou uma série de dúvidas e questionamentos na família, polícia e população em geral. Se você não se lembra muito bem do caso, vamos refrescar sua memória. No dia 27 de março de 2017, o estudante de psicologia Bruno Borges, que à época tinha 24 anos e morava em Rio Branco, Acre, sumiu, desapareceu, escafedeu-se sem dar nenhuma explicação. Porém, em seu quarto, ele deixou 14 livros escritos à mão em uma linguagem estranha. Os jornais falavam em linguagem "criptografada", mas o texto não passava de uma substituição de letras por símbolos. Tanto é que em pouco tempo pessoas comuns estavam decodificando o conteúdo dos livros e postando na internet. Além disso, as paredes estavam repletas de desenhos e caracteres estranhos, sem falar de uma pintura dele ao lado de um ET. E, para deixar a história ainda mais bizarra, no meio do quarto havia uma estátua em tamanho real do filófoso italiano Giordano Bruno (1548 - 1600). Abaixo dela havia escritos de transmutação.

Não é difícil imaginar que a internet ficou ensandecida com isso. Basta ver a quantidade de teorias da conspiração em volta do garoto. Bem como o número de memes também. Entretanto, haviam alguns mais "pé no chão" que conseguiram deduzir que isso talvez não passasse de uma jogada de marketing do menino que, no futuro, venderia seus livros. A Polícia Civil também concordava com esta hipótese, já que em maio ela encontrou fortes indícios de que esse desaparecimento havia sido forjado. No mesmo dia de seu desaparecimento, o "Contrato de Sociedade no Projeto Enzo com o Lançamento de 14 Obras" foi firmado com um amigo de Bruno, Marcelo de Souza Fereira, no Primeiro Tabelionato de Notas. Ele foi preso por falso testemunho. O contrato previa que ele teria parte em 15% dos lucros da venda das obras.

Dito e feito. Em julho o primeiro dos 14 livros escritos por Bruno começou a ser vendido. Chamado de "TAC: Teoria da Absorção do Conhecimento", a obra já alcançou o 20º lugar na lista de livros mais vendidos segundo a Publish News. E olha que o lançamento foi no dia 24 de julho, a menos de 1 mês. Pelo visto, parece que a estratégia de marketing deu certo. O segundo volume parece já ter data de lançamento. Pois bem, eis que hoje ele retornou para casa e a informação foi confirmada pelo seu próprio pai, Athos Borges, que disse que a família está aliviada com a sua volta. O delegado que está investigando o caso disse que ouvirá Bruno posteriormente, visto que hoje não é o dia apropriado.

Celulares BR © Copyright 2017 - 2017, Todos os direitos reservados